Aurora Boreal na Finlândia: tudo que você precisa saber

Torne seu sonho de presenciar um espetáculo celestial uma realidade! Imagine contemplar um céu brilhante, repleto de cores vibrantes como verde e rosa, onde as luzes dançam graciosamente de um lado ao outro. Na Finlândia, presenciar a aurora boreal é uma experiência única, mas, para isso, há muitos fatores a serem considerados, inclusive sorte. Segue lendo que para saber tudo o que você precisa saber presenciar esse fenômeno fascinante: aurora boreal. Vamos lá?

Tudo que você precisa saber para ver a aurora boreal:

Qual a melhor época para ver a Aurora Boreal?

Sem dúvidas o momento certo para presenciar a aurora boreal é um fator crucial, pois, embora ela ocorra durante todo o ano, a visibilidade depende da escuridão e de um céu limpo.

No verão, na região do Polo Norte, o sol permanece por longos períodos de tempo, chegando até mesmo a 24 horas por dia(!), o que torna impossível avistar a aurora boreal nesses meses devido à intensa luz solar.

Portanto, o período ideal para apreciar a aurora boreal vai do final de agosto ao início de abril, sendo que Nesse período, o clima é mais estável, com menor probabilidade de o céu ficar nublado, e as temperaturas já estão um pouco mais amenas.

Explicando a Aurora: como e porquê ela acontece?

Quando pensamos na aurora boreal, imediatamente imaginamos o céu brilhando com luzes coloridas em tons de verde e rosa. Mas já paramos para refletir sobre como isso acontece?

A aurora boreal acontece por causa do Sol que libera partículas elétricas em direção à Terra. Quando essas partículas elétricas chegam perto da Terra, elas são atraídas pelos polos da terra, que são o campo magnético do nosso planeta.

Quando essas partículas elétricas se aproximam do nosso planeta, são atraídas pelos polos magnéticos da Terra e se colidem com as moléculas de ar. Essas colisões fazem com que as moléculas de ar brilhem, criando as luzes coloridas nos polos, que chamamos de Aurora boreal no hemisfério norte, ou aurora astral no hemisfério sul. Quanto mais forte as colisões são, ou seja a atividade solar, mais entesa e colorada é a aurora, e mais de longe é possível ver.

Por que escolher Rovaniemi para ver a aurora boreal?

A regra de ouro para observar a aurora boreal é levar em consideração a época do ano, a escuridão e a proximidade do polo. Quanto mais próximo do Polo Norte, melhor, pois é lá que o fenômeno ocorre. Além disso, quanto mais próximo você estiver, maiores são as chances de ver o reflexo e entender como a aurora boreal se espalha por todo o céu.

Na Finlândia, a região mais próxima do Polo Norte é a Lapônia e a cidade de Rovaniemi possui uma infraestrutura turística mais desenvolvida, ao mesmo tempo em que é pequena o suficiente para evitar a presença de muita luz que possa atrapalhar a visualização do fenômeno.

Caso você queira saber mais sobre o que fazer em Rovaniemi e arredores, clica nesse post Guia completo do que fazer em Rovaniemi

Quanto tempo ficar

A escolha do tempo de viagem é determinada pela quantidade de tempo que você gostaria ou poderia disponibilizar para encontrar a aurora boreal. Ou seja, quanto mais noites de “caçada da aurora”, melhor as chances de vê-la, dado que o tempo fechado e outras cinco variáveis, que são difíceis de prever com antecedência, interferem na visibilidade, intensidade e beleza da aurora.

Nossa viagem foi de 8 noites, o que achei suficiente, mas, novamente, os efeitos climáticos sempre deixam a pessoa insegura quanto ao tempo.

Uma dica para quem pode fazer home office lá é ter em mente que você irá trocar as manhãs pelas noites, caso queira caçar a aurora boreal todos os dias.

Se você veio aqui para isso, saiba que sua viagem vai ser daquelas férias de adolescente que acorda por volta do meio dia e o “dia” esquenta a partir do por do sol.

Eu que não gosto de perder nada, parceria crime acordar às 11, tomar café da manhã na paz para sair entre 12, 13 horas da tarde. Mas a verdade que tá tudo bem. Com tempo longo, para maiores chances de ver a Aurora boreal, mais tranquilo o dia acontece.

Caso você queira saber o que fazer durante o dia, reservamos um espaço para falar tudo sobre a aurora Guia completo do que fazer em Rovaniemi.

Vale a pena contratar uma agência ou um guia para ver a aurora boreal?

Existem vários passeios que saem de Rovaniemi para ver a aurora. Nossa dica é esqueça os passeios de “churrasco vendo a aurora”, “aurora no lago com chá “ e coisa do tipo. Esses passeios te levam para um lugar aberto especifico em que tem a infraestrutura dele e pronto. Se a aurora está mais forte em um outro canto isolado eles não te levam e seu passeio pode ser aquém do potencial.

Agora quando se trata de guia, minha recomendação é 100% sim porque ele vai te levar a onde os aplicativos estão apontando altas chances de ver. Claro, isso infelizmente não garante que você vai ver a aurora, mas com uma pessoa que topa te levar para onde for, as chances aumentam muito.

Agora, caso voce seja do tip[o de pessoa que está fazendo a viagem para ver a aurora, recomendo voce encara a famosa Cacada da aurora que explico a seguir.

Caçada da aurora boreal

Quando se trata de uma viagem para ver a aurora boreal a dica é: alugue o carro e todos os dias vá a onde estiver apontando as melhores condições de ver a aurora, custe a longitude e latitude que for.

Porém fazer a caçada por conta própria é se jogar os aplicativos de monitoramento analisar as condições climáticas, aprender os indices KP, BZ, densidade.

Mas calma, antes de que você desista, separei a sessão abaixo só para isso.

Torne seu sonho de presenciar um espetáculo celestial uma realidade! Imagine contemplar um céu brilhante, repleto de cores vibrantes como verde e rosa, onde as luzes dançam graciosamente de um lado ao outro. Na Finlândia, presenciar a aurora boreal é uma experiência única, mas, para isso, há muitos fatores a serem considerados, inclusive sorte. Segue lendo que para saber tudo o que você precisa saber presenciar esse fenômeno fascinante: aurora boreal.

Qual a melhor época para ver a Aurora Boreal?

Sem dúvidas o momento certo para presenciar a aurora boreal é um fator crucial, pois, embora ela ocorra durante todo o ano, a visibilidade depende da escuridão e de um céu limpo.

No verão, na região do Polo Norte, o sol permanece por longos períodos de tempo, chegando até mesmo a 24 horas por dia(!), o que torna impossível avistar a aurora boreal nesses meses devido à intensa luz solar.

Portanto, o período ideal para apreciar a aurora boreal vai do final de agosto ao início de abril, sendo que Nesse período, o clima é mais estável, com menor probabilidade de o céu ficar nublado, e as temperaturas já estão um pouco mais amenas.

Explicando a Aurora: como e porque ela acontece?

Quando pensamos na aurora boreal, imediatamente imaginamos o céu brilhando com luzes coloridas em tons de verde e rosa. Mas já paramos para refletir sobre como isso acontece?

A aurora boreal acontece por causa do Sol que libera partículas elétricas em direção à Terra. Quando essas partículas elétricas chegam perto da Terra, elas são atraídas pelos polos da terra, que são o campo magnético do nosso planeta.

Quando essas partículas elétricas se aproximam do nosso planeta, são atraídas pelos polos magnéticos da Terra e se colidem com as moléculas de ar. Essas colisões fazem com que as moléculas de ar brilhem, criando as luzes coloridas nos polos, que chamamos de Aurora boreal no hemisfério norte, ou aurora astral no hemisfério sul. Quanto mais forte as colisões são, ou seja a atividade solar, mais entesa e colorada é a aurora, e mais de longe é possível ver.

Por que escolher Rovaniemi para ver a aurora boreal?

A regra de ouro para observar a aurora boreal é levar em consideração a época do ano, a escuridão e a proximidade do polo. Quanto mais próximo do Polo Norte, melhor, pois é lá que o fenômeno ocorre. Além disso, quanto mais próximo você estiver, maiores são as chances de ver o reflexo e entender como a aurora boreal se espalha por todo o céu.

Na Finlândia, a região mais próxima do Polo Norte é a Lapônia e a cidade de Rovaniemi possui uma infraestrutura turística mais desenvolvida, ao mesmo tempo em que é pequena o suficiente para evitar a presença de muita luz que possa atrapalhar a visualização do fenômeno.

Caso você queira saber mais sobre o que fazer em Rovaniemi e arredores, clica nesse post Guia completo do que fazer em Rovaniemi

Tudo que você precisa saber para ver a aurora boreal

    • Quanto tempo ficar?

    • Vale a pena contratar uma agência ou um guia para ver a aurora boreal?

 

Quanto tempo ficar

A escolha do tempo de viagem é determinada pela quantidade de tempo que você gostaria ou poderia disponibilizar para encontrar a aurora boreal. Ou seja, quanto mais noites de “caçada da aurora”, melhor as chances de vê-la, dado que o tempo fechado e outras cinco variáveis, que são difíceis de prever com antecedência, interferem na visibilidade, intensidade e beleza da aurora.

Nossa viagem foi de 8 noites, o que achei suficiente, mas, novamente, os efeitos climáticos sempre deixam a pessoa insegura quanto ao tempo.

Uma dica para quem pode fazer home office lá é ter em mente que você irá trocar as manhãs pelas noites, caso queira caçar a aurora boreal todos os dias.

Se você veio aqui para isso, saiba que sua viagem vai ser daquelas férias de adolescente que acorda por volta do meio dia e o “dia” esquenta a partir do por do sol.

Eu que não gosto de perder nada, parceria crime acordar às 11, tomar café da manhã na paz para sair entre 12, 13 horas da tarde. Mas a verdade que tá tudo bem. Com tempo longo, para maiores chances de ver a Aurora boreal, mais tranquilo o dia acontece.

Caso você queira saber o que fazer durante o dia, reservamos um espaço para falar tudo sobre a aurora Guia completo do que fazer em Rovaniemi.

Vale a pena contratar uma agência ou um guia para ver a aurora boreal?

Existem vários passeios que saem de Rovaniemi para ver a aurora. Nossa dica é esqueça os passeios de “churrasco vendo a aurora”, “aurora no lago com chá “ e coisa do tipo. Esses passeios te levam para um lugar aberto especifico em que tem a infraestrutura dele e pronto. Se a aurora está mais forte em um outro canto isolado eles não te levam e seu passeio pode ser aquém do potencial.

Agora quando se trata de guia, minha recomendação é 100% sim porque ele vai te levar a onde os aplicativos estão apontando altas chances de ver. Claro, isso infelizmente não garante que você vai ver a aurora, mas com uma pessoa que topa te levar para onde for, as chances aumentam muito.

Agora, caso voce seja do tip[o de pessoa que está fazendo a viagem para ver a aurora, recomendo voce encara a famosa Cacada da aurora que explico a seguir.

Caçada da aurora boreal

Quando se trata de uma viagem para ver a aurora boreal a dica é: alugue o carro e todos os dias vá a onde estiver apontando as melhores condições de ver a aurora, custe a longitude e latitude que for.

Porém fazer a caçada por conta própria é se jogar os aplicativos de monitoramento analisar as condições climáticas, aprender os indices KP, BZ, densidade.

Mas calma, antes de que você desista, separei a sessão abaixo só para isso.

Aplicativos para monitorar onde ver aurora boreal

Direto e reto pra quem não quer nada mais do que baixar os aplicativos necessários e olhar os números que vão te ajudar a achar a bendita aurora:

App1: Aurora Alerts

(link: https://apps.apple.com/br/app/northern-light-aurora-forecast/id1092949787?l=en)

Nesse app vc procura o maior KP possível (entre 0 e 10) e o menor BZ possível (entre 10 e -10). A navegação pode ser feita pelo ícone do mapa, insira um pin na região desejada e avalie os indicadores daquela região.

App2: Weather Radar (link: https://apps.apple.com/br/app/weather-radar-live-forecast/id1671500935?l=en)

Esse app não precisa ser exatamente o mesmo, mas qualquer app que te mostre a posição de nuvens baixas no mapa, seu objetivo é simples: não ficar em baixo delas.

Agora se você ainda está curioso pra saber mais o que é KP, BZ, Densidade, etc, é só seguir lendo.. 

Explicando os índices: que raios eles?

A localização da aurora boreal depende de 4 fatores (ou 5 se você considerar a sorte um deles): KP, BZ e densidade e velocidade do vento. 

KP: é uma medida que indica a intensidade das perturbações geomagnéticas causadas pelo vento solar. Ou seja, quanto mais magnetismos aqui, melhor. Quanto maior o valor do KP, maior a chance de ocorrência da aurora boreal em latitudes mais baixas, ou seja, não tão perto do polo norte, a Irlanda por exemplo é um lugar de baixa latitude mas que pode presenciar auroras, é raro, mas pode acontecer.

BZ: é a direção do campo magnético interplanetário (eita!), sendo que um BZ negativo indica uma maior chance de interação com o campo magnético da Terra, aumentando as chances de observar a aurora boreal. O resumo aqui é: quão inclinado o eixo da terra está para que assim, as explosões solares reverberem do jeito certo na atmosfera terrestre pra podermos vê-las. 

Densidade do vento solar: Quando a densidade é alta, as partículas carregadas interagem mais intensamente com a magnetosfera terrestre, o que pode levar a uma maior visibilidade da aurora boreal, ou seja, bastante cor no céu, algo denso mesmo.

Velocidade do vento solar: Quando a velocidade do vento solar é alta, as partículas carregadas têm uma maior probabilidade de interagir com o campo magnético da Terra, resultando em uma maior intensidade da aurora boreal. Aqui entendemos que é o que faz ela “dançar” no céu, quanto maior a velocidade do vento, mais ela se mexe. 

No final das contas imagine o seguinte: você encheu sua boca de farofa e assoprou numa laranja oval. A maneira como a farofa bate na laranja e “voa” ao redor dela é como vemos a Aurora: a farofa são as partículas de explosões solares; a laranja oval é a terra; o BZ é quão inclinado está o eixo da laranja: o KP é o campo magnético da laranja atraindo a farofa;  a densidade eh quanta farofa vc pois na boca e a velocidade do vento é a força que vc usa pra assoprar a farofa.

Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil